MALMEQUER COR DE ROSA

A CONSCIÊNCIA DA ESTRANHEZA DOS CAMINHOS É A PERDIÇÃO MAIS DOCE...

domingo, agosto 13, 2006

Há dias assim...

O Mundo está em chamas!
Arde de ódio! Arde de injustiças, desigualdades, de fome, de pobreza, de ignorância.
E o meu eu arde com ele!
Todos os dias me consome um pouco, e a cinza acaba por se instalar, turvando-me a vista, moldando-me o pensamento, enegrecendo o meu redor.
Uma mudança próxima parece-me distante, e lentamente sinto-me a desacreditar.
É demasiado, tudo o que me rodeia e não consigo compreender, e as respostas para tantas perguntas, amontoam-se criando um novelo cada vez maior.
Maior, como a indiferença que aumenta e como a caridade que diminui...

3:

At 11:27 da manhã, Blogger chiquita banana said...

Here's a little song i wrote,
you might want to sing it note for note,
don't worry, be happy

in every life we have some trouble,
when you worry you make it double
don't worry, be happy

dont worry be happy now
dont worry be happy

 
At 2:51 da tarde, Blogger O Meu Outro Eu Está a Dançar said...

...a caridade também aumenta, mas não chega para o que arde..!

 
At 4:11 da tarde, Blogger Judia said...

E as fotos da Regaleira? :D

Não metas é nenhuma daquelas em que eu estou perdida de braços abertos no meio de um dos túneis às escuras, apanhada de repente pelo flash! :P

 

Enviar um comentário

<< Home